24 de jul de 2010

Reencontro - Tattooed All I See

E então eu me encontrava em um banheiro sujo de um restaurante mais sujo ainda, em alguma cidade esquecida na estrada para a fronteira. Olho o lado de dentro da porta do banheiro, procurando por alguma sabedoria que você só encontra em portas de banheiro. Nada, apenas xingamentos e erros de português. Jogo água gelada no rosto para tentar acordar de vez (isso nunca funcionou comigo, e eu insisto em fazer). Me encaro no espelho, meu olhar (do qual eu já falei no último post) peculiar estava lá. Sorri. Cazuza tocando no meu mp3. "Todo Amor Que Houver Nessa Vida".

"E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente não vive
Transformar o tédio em melodia"

Se eu fosse fumante, eu teria acendido um cigarro naquela hora. Acho estranho isso, às vezes tenho vontade de acender um cigarro, mesmo nunca tendo fumado um...

Saio do banheiro, olho para os lados procurando pela minha família. Um caminhoneiro gordo me olha como se eu fosse decente demais para estar naquele lugar. Mal sabe ele dos meus podres. Sigo meu caminho até o lado de fora do restaurante (se é que aquilo pode ser chamado de restaurante). De repente aconteceu, eu esperava por isso há algum tempo. "Black" do Pearl Jam começa a tocar.

Então aí estava você. Escondida, só esperando momento certo de tentar atacar. Eu a evitava há várias semanas. Mas o encontro foi inevitável. Lembrei da Fernanda, e não poderia ser diferente. Um filme veio na minha cabeça. Foram quase 9 meses, acho. Sorri novamente. Fiquei feliz em apenas apreciar a música. Lembranças agora eram apenas lembranças, sem sentimentos envolvidos. Era passado. Eu havia superado.
Se eu fosse fumante, eu teria acendido um cigarro naquela hora. Acho estranho isso, às vezes tenho vontade de acender um cigarro, mesmo nunca tendo fumado um...


******

Esses hiatos temporais entre os posts me preocupam.
Ou estou ficando burro ou menos reflexivo em relação ao que acontece na minha volta.
Preocupante...

"I know someday you'll have a beautiful life, I know you'll be a star
In somebody else's sky, but why, why, why
Can't it be, can't it be mine ?"
Pearl Jam - Black

Nenhum comentário:

Postar um comentário